São João da Boa Vista
MIN. 19 º C | MAX. 31 ºC
09/08/2019 | 12:59

TV Unifae ganha prêmio internacional

Unifae | Jornalismo

A TV Unifae ganhou um dos maiores prêmios de produção universitária da América Latina. O documentário “Orides, onde ninguém mais” ficou com o 1º Lugar no 7º Prêmio Nuevas Miradas en la Television – Mejor da Producción TV Universitaria Latinoamericana, promovido pela Universidade de Quilmes, Argentina.

A disputa envolveu mais de 40 instituições de ensino do Brasil, como Unicamp e Unesp e muitas do exterior: Chile, Colômbia, Peru, Argentina e México, com tradição histórica em produções, como a Universidade Nacional Argentina e o forte Canal 44, da Universidade de Guadalaraja, do México, respectivamente, segundo e terceiro lugares.

Para o reitor, Prof. Dr. Francisco de Carvalho Arten, o dia 5 de agosto passa a ser “um dia histórico para a UNIFAE, porque é uma vitória conquistada disputando com grandes instituições produtoras de conteúdos reconhecidas em todo o mundo”.

Enfatizando e agradecendo o trabalho de toda equipe responsável pelo documentário, o reitor, destacou que “agora, a nossa UNIFAE, também ganha o reconhecimento internacional. Motivo de orgulho para todos nós”.

No documento oficial que comunica a premiação, a organização justifica o grande prêmio para Orides, “Por ser um trabalho que arrisca abordar de maneira estética e experimental a obra de uma poeta; se apoia em recursos expressivos, poéticos e experimentais, misturados com a construção dramática e testemunhos de pesquisadores e pessoas próximas à escritora. Os dispositivos narrativos são efetivos, interessantes e oportunos”.

A entrega do prêmio acontece nesta quinta, dia 08, às 22 horas no centenário Teatro Solís, de Montevideo, num evento que reúne também uma das mais prestigiadas organizações do setor audiovisual, a TAL, Television América Latina e o Doc Montevideo.

 

 

Grandes concorrentes valorizam o prêmio.

 

A relação de instituições participantes valoriza muito o prêmio da UNIFAE: Centro Universita´rio Una (Brasil), Universidad Cato´lica de la Santı´sima Concepcio´n (Chile), Universidad de Antioquia (Colombia), Universidad Nacional de Rio Negro (Argentina), Universidad Nacional de General Sarmiento (Argentina), Universidad Nacional de Rosario (Argentina), Universidad Nacional de Tierra del Fuego (Argentina), Universidad Nacional de San Luis (Argentina), Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires(Argentina), Universidad Nacional de Mar del Plata (Argentina), Universidad de Playa Ancha (Chile), Universidad Nacional de Cuyo (Argentina),Universidad de Santiago de Chile (Chile)Universidad Pedago´gica Nacional (Colombia), Universidad de Guadalajara (Chile), Centro Universita´rio Teresa D’A?? vila (Brasil), Universidade Estadual de Goia´s (Brasil), Universidad Auto´noma de Aguascalientes (Me´xico), Universidad Nacional de Tres de Febrero (Argentina), Universidade do Vale do Taquari (Brasil), Universitaria Agustiniana (Colombia), Universidad Tecnolo´gica de Bolı´var (Colombia), Universidad Auto´noma de Occidente (Colombia), Universidad Nacional de Misiones (Argentina), Universidad Continental (Peru´), Universidad Nacional de Entre Rı´os (Argentina), Universidad de La Habana (Cuba), Universidade Estadual Paulista (Brasil), Universidad Jua´rez Auto´noma de Tabasco (Me´xico), Centro Universita´rio das Faculdades de Ensino Associadas (Brasil), Universidad Auto´noma de Aguascalientes (Me´xico), Universidad Nacional de Tierra del Fuego (Argentina), Universidade Estadual de Campinas (Brasil), Universidad Nacional Auto´noma de Me´xico (Me´xico), Universidad Auto´noma de Tamaulipas (Me´xico), Instituto Superior de Tiempo Libre y Recreacio´n (Argentina), Universidad Nacional de Colombia (Colombia), Universidad Nacional del Noroeste de la Provincia de Buenos Aires (Argentina), Universidad Nacional de La Matanza (Argentina), Universidad Nacional de Co´rdoba (Argentina), Universidad de Guanajuato (Me´xico).

 

 

O FILME – A obra retrata a vida e obra da poeta sanjoanense Orides Fontela (1940 – 1998), por meio do depoimento de pesquisadores e pessoas que conviveram com a escritora. O longa também conta com dramatizações de memórias, curiosidades e angústias da personagem-título.

 

 

 

Dirigido e roteirizado pelo cineasta David Ribeiro, a produção visitou lugares onde Orides morou, resgatou documentos importantes e traz como destaque um dos últimos poemas que ela escreveu.

 

O longa é parte do projeto da UNIFAE, iniciado em 2016, com a criação do Memorial Orides Fontela, onde estão depositadas as cinzas da escritora, e que objetiva se tornar um centro de referência de estudos e pesquisas

Fonte: Unifae

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2019 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.