São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 30 ºC
12/08/2016 | 17:32

Sebrae São Joao, abre inscrições para cursos gratuitos

Guia São João | Jornalismo

Super MEI oferece 164 cursos para microempreendedores da região.  5 unidades do Sebrae da região participam do programa de capacitação. São 50 mil vagas no primeiro ano e um investimento de R$ 25 milhões.


As unidades do Sebrae-SP de Araraquara, Araras, Rio Claro, São Carlos e São João da Boa Vista estão com inscrições abertas para cursos gratuitos voltados para microempreendores individuais (MEI), através do programa Super MEI.


No total, são 164 cursos em 18 diferentes segmentos, oferecidos pelas unidades do Centro Paula Souza, órgão do governo estadual responsável pelas Fatec e Etec, e também pelo Senac. As inscrições podem ser feitas pelo site do Super MEI, pelo telefone 0800 570 0800 ou nas sedes regionais do Sebrae das cidades.

Cursos estão disponíveis nas unidades regionais do Sebrae 

“Qualquer microempreendor individual, qualquer empresa formalizada na categoria de MEI pode e deve participar dessa oportunidade. O Super MEI envolve gestão, capacitação técnica, melhora da técnica e também ter um aplicativo no final do programa para localizar. O Super MEI é um programa super amplo para poder fomentar e ajudar o MEI a aparecer e crescer”, disse Paulo Cereda, gerente do Sebrae.
Cursos

O MEI poderá fazer curso de cervejeiro, maquiador e técnicas de fotografia de casamentos, por exemplo. No mercado, esses cursos chegam a custar entre R$ 300 a R$ 1 mil. São 50 mil vagas no primeiro ano e um investimento de R$ 25 milhões. Depois de fazer a capacitação, o microempreendedor fará parte de um aplicativo onde ele poderá oferecer seus produtos e serviços.


“Quando você está formalizada você tem toda uma estrutura aberta para buscar conhecimento e novas informações, porque o mercado de trabalho ele exige que todos estejam preparados para melhor atender, para fazer um trabalho mais perfeito. Você tem que se preparar, se adaptar, conforme o mercado exige”, afirmou a empresária Cleuza Priori.

MEI
Para se formalizar como microempreendedor individual, o trabalhador tem de ganhar até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. O microempreendedor individual também pode ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.


Segundo o governo, o microempreendedor paga um valor fixo por mês, que atualmente está abaixo de R$ 50. O valor varia de acordo com a categoria no qual o microemprendedor está inserido como comércio, indústria e prestação de serviços.

 

Clique para assistir o VÍDEO da repostagem 

 


Fonte: G1 São Carlos e Araraquara

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.