São João da Boa Vista
MIN. 7 º C | MAX. 21 ºC
07/12/2021 | 08:41

Reitor do Unifae lança livro "Democracia e Comunicação"

Unifae | Jornalismo

O Reitor do Centro Universitário UNIFAE, prof. Dr. Marco Aurélio Ferreira, lança seu primeiro livro, “Democracia e Comunicação: a ocupação das ruas pelas redes sociais”, da Editora Dialética.

Já disponível em versão digital, na Amazon e Livraria Cultura, a obra aborda os movimentos de junho de 2013, quando milhões de pessoas tomaram as ruas das principais cidades do país em protestos difusos, que foram do aumento no preço das passagens do transporte público ao sentimento de repulsa a partidos políticos.

As manifestações ensejaram ao autor uma reflexão profunda sobre seus impactos na democracia e na comunicação.

O livro é prefaciado pelo jornalista Marco Aurélio Souza, da Rede Globo, que cobriu as jornadas de junho como repórter. “Eu conheci o Marco num curso que fizemos durante a pandemia e foi simpatia à primeira vista. Aí ele me contou sobre o projeto do livro e achei a ideia ótima e extremamente atual. Depois veio o convite para eu escrever algumas linhas sobre a obra e foi um grande prazer”, comenta.

SOBRE O AUTOR
Marco Aurélio Ferreira é doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e mestre em Administração e Desenvolvimento Organizacional. Atualmente é reitor do Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino de São João da Boa Vista (UNIFAE), delegado Municipal do Conselho Regional de Economia SP, coordenador do Instituto de Pesquisas Econômicas – IPEFAE e Avaliador do Conselho Estadual de Educação – CEE/SP. Também integra a diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura Comunicação (ABciber) (2019/2021), e o Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Comunicação e Cibercultura da PUC/SP. É presidente da Câmara de Pós Graduação da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) e Secretário da Associação das Instituições Municipais do Estado de São Paulo (AIMES).

SINOPSE
O cenário político em várias ocasiões é, para além de golpes de estado, também palco de manobras e atentados contra autoridades, como estratégia de apropriação do cargo alvejado.

Todavia, as mobilizações fomentadas e propagadas pelas redes virtuais não apresentam a mesma disposição, pois no contexto da politização cultivada no ciberespaço já não se trata de uma disputa por posições consolidadas, senão que da abertura para uma nova maneira de convívio social, como o defendido por Habermas na ação comunicativa, cuja atualização remonta, a seu modo, ao lema revolucionário dos primeiros movimentos populares que clamavam por ideais humanitários de liberdade, igualdade e fraternidade.

Neste ponto, torna-se importante ressaltar que se a mobilização de ativistas interconectados a redes digitais é motivada menos pelo comum engajamento em um conteúdo específico que pela forma como se envolvem nos debates reivindicatórios, embora tal movimento, quando considerado como um todo, não deixa, por isso, de apontar para um horizonte distante e talvez idealizado de uma ordenação pautada pela justiça.

Evidente que está em jogo a consolidação da democracia, mas uma democracia liberal efetiva, cuja condução dos processos deliberativos esteja, pelo menos virtualmente, disponível à participação de todo cidadão

Fonte: Unifae

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2022 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.