São João da Boa Vista
MIN. 8 º C | MAX. 26 ºC
15/07/2021 | 09:00

Programa de ensino integral chega á escola Anésia Martins

Gazeta de São João | Jornalismo

A partir de 2022, mais 137 escolas estaduais da região de Campinas farão parte do Programa de Ensino Integral (PEI). 

O anúncio da expansão do programa para 778 unidades de todo estado  pelo Governador João Doria e pelo Secretário Estadual da Educação Rossieli Soares.  

No total, serão 1.855 escolas atendidas no modelo. A expectativa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) é beneficiar 387,3 mil novos estudantes de ensino fundamental e ensino médio. Com as novas adesões, o PEI estará presente em 427 municípios paulistas, em todas as regiões do estado. Atualmente, são 448 mil estudantes atendidos em 1.077 escolas, de 309 cidades.  

A ampliação é resultado da participação das 91 Diretorias de Ensino (DEs) no processo de adesão deste ano, disponibilizado entre março e junho.  

Dentro do Plano Nacional de Educação (PNE), a Meta 6 – Educação Integral – prevê em seu objetivo 2 que em 2024, no mínimo, 25% dos alunos da Educação Básica sejam atendidos em jornadas de mais de 7 horas. Com as novas PEIs, São Paulo atinge este objetivo, no âmbito de sua rede estadual, já em 2022.  

  

IDEB e alcance 

Os investimentos na jornada integral refletem em melhores notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) já no primeiro ano de implantação do programa.  

– Escolas PEI cresceram 1,2 pontos no IDEB 2019, enquanto as regulares, 0,6. 

– Das escolas estaduais de São Paulo, as 33 melhores colocadas no ranking são PEIs. 

– 9 das 10 primeiras colocadas de ensino fundamental são PEIs.  

 

EM SÃO JOÃO E REGIÃO

Na lista divulgada pelo Governo de SP consta que a Escola Professora Anésia Martins Mattos terá Ensino Integral.

Outras escolas que integram a Diretoria de Ensino de São João da Boa Vista incluídas no Ensino Integral são: Professor Camilo Lellis (Espírito Santo do Pinhal), Dr. Cândido Rodrigues, Professor Jorge Luiz Abichabki, Tarquinio Cobra Olyntho e Natal Merli (São José do Rio Pardo), Dona Macedo e José Theodoro de Moraes (Aguaí), Gilberto Giraldi (Vargem Grande do Sul), Professor José Zilah Gonçalves dos Santos (Itobi).

Fonte: Gazeta de São João

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2021 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.