São João da Boa Vista
MIN. 19 º C | MAX. 29 ºC
25/10/2017 | 13:21

O sanjoanense Josué Augusto Pancini pode vir a presidir o Bradesco

Guia São João | Jornalismo

Lázaro Brandão renunciou à presidência do conselho de administração do Bradesco, aos 91 anos de idade e Luiz Carlos Trabuco, que preside o banco atualmente, vai assumir o posto e ocupar os dois cargos até Marco de 2018 quando, em Assembleia Geral, será escolhido o novo presidente executivo

Trabuco, por sua vez, afirmou que o Bradesco escolherá um membro da diretoria como novo presidente. “Tradicionalmente, o banco escolhe executivos da casa para comandar o grupo, em vez de recrutar um presidente no mercado”, diz Trabuco.

E no nosso entender e torcida, as chances de ser o sanjoanense Josué Augusto Pancini são grandes.

Josué Augusto Pancini, é atualmente diretor vice-presidente do Bradesco. Ele nasceu em São João da Boa vista em 1960 e é formado em Matemática pela UNIFEOB.

Iniciou a carreira em julho de 1976 no Banco Bradesco S.A. Em julho de 1997 foi eleito Diretor Regional, em julho de 2003 Diretor Departamental, em dezembro de 2010 Diretor Executivo Adjunto, em janeiro de 2012 Diretor Executivo Gerente e, em janeiro de 2014, Diretor Vice-Presidente Executivo, cargo que ocupa atualmente.

É um dos nomes da diretoria, e pode vir a ser o próximo presidente executivo do banco

Nossa região é tradicional e privilegiada em ter membros locais, quando não muito próximos de São João,  em cargos de alto escalão em grandes bancos nacionais. 

Todos sabem que a família Moreira Salles, fundadores do Unibanco (atual Itaú) é de Poços de Caldas, a família Setubal, do Banco Itaú, tem forte relação, vínculos e até mesmo residencia em Águas da Prata.

Ainda de São João, o saudoso Dr. Flamarion Josué Nunes, formado em Direito na Unifeob, em sua brilhante carreira chegou a ser vice presidente do Banco Real e conselheiro do conglomerado de empresas do Grupo (e Banco) Alfa.

Na nossa vizinha Espírito Santo do Pinhal,  Fábio Coletti Barbosa chegou a presidir o Banco Real, presidir o ABN Amro Bank, presidir o Santander e até a Febraban, sem  esquecer, é claro,  de Geraldo Dezena, que também se formou em Matemática e Direito na Unifeob, se aposentou em 2017, após 40 anos de banco, como vice-presidente de Tecnologia do Banco do Brasil. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2018 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.