São João da Boa Vista
MIN. 15 º C | MAX. 28 ºC
10/09/2020 | 08:00

Núcleo de Veterinários se posiciona sobre morte de animais e castrações

Guia São João | Jornalismo

O Núcleo de Médicos Veterinários de São João da Boa Vista e região, é uma entidade formada por profissionais onde se reúnem para discutirem sobre assuntos destinados ao bem estar animal.

Dentre as pautas de reuniões, estão inclusas assuntos variados como:

Casos clínicos vacinações, exames laboratoriais, internações, cirurgias, e etc. Onde todo nosso trabalho é voltado para dar suporte e longevidade aos nossos amigos.
Foi colocado então, em uma de nossas reuniões, algumas discussões sobre a reportagem da Gazeta de Vargem Grande da semana passada, onde o foco da matéria eram alguns óbitos na campanha de castração que é realizada há alguns anos. Devido algumas informações que a matéria trazia, o núcleo de médicos veterinários vem se manifestar sobre a reportagem.


Sabemos o quão é importante o procedimento de esterilização, não somente para não ocorrer a procriação dos mesmos, mas também para evitar futuras patologias que causariam o sofrimento desses animais.

Temos consciência também das boas intenções, da prefeitura e das clinicas participantes dos pregões, em ajudar nessa causa.

Porém, todo procedimento cirúrgico, seja ele invasivo ou não, tem seus riscos minimizados quando existe uma avaliação do paciente antes de submetê-lo a uma anestesia. Avaliação essa, que inclui aferição de temperatura, ausculta cardíaca, sinais clínicos que possam sugerir que o paciente não está em condições cirúrgicas e exames de sangue para avaliação geral e pré-anestésica. Assim como nós, humanos, nunca entramos em cirurgia sem uma avaliação prévia, a Medicina Veterinária vem evoluindo cada dia mais para dar conforto aos animais e tirar da cabeça de tutores o que foi imposto há muitos anos, que a anestesia é perigosa. Hoje temos profissionais anestesistas cada vez mais especializados em monitorar o paciente o tempo todo de cirurgia e prontos para qualquer tipo de intercorrência. Nossa intenção é desmistificar o medo da anestesia, e dizer que um mesmo animal pode ser anestesiado quantas vezes for preciso, desde que sigam os protocolos pré-anestésicos. Acreditamos que a partir do momento em que uma entidade se habilita a participar de uma campanha, a mesma tem o dever de fazê-la da melhor forma possível, uma vez que lidamos com vidas, e sendo fiscalizada pela prefeitura responsável.

Fazer um pregão e ganhar uma licitação é algo relativamente muito simples, porém não podemos deixar de lado a qualidade dos serviços prestados e banalizar o ato cirúrgico por ser uma castração, mesmo porque é uma cirurgia que se não for feita por um profissional qualificado pode causar sérios problemas para o animal inclusive o óbito do mesmo.


Tendo em vista os termos assinados por tutores que se encontram em vulnerabilidade social, e toda a orientação que é passada antes do ato cirúrgico, não tira a responsabilidade do Médico Veterinário em fazer o procedimento dentro do protocolo, e nem da prefeitura em fiscalizar o contratante. Os anestésicos podem sim trazer riscos aos pacientes, porém no mercado existe uma gama de medicamentos, uns mais qualificados e seguros, e outros menos, não dando o direito de colocarmos a culpa na anestesia, e sim no que usamos para anestesiar o paciente e consequente protocolo escolhido pelo Médico Veterinário. Portanto, o tutor, mesmo assinando um termo ciente dos riscos, não deve sofrer as consequências da qualidade dos serviços prestados.


Infelizmente, tudo o que utilizamos na medicina veterinária, tem um alto custo, principalmente quando falamos sobre cirurgias. Acreditamos que a vida de um animal de rua ou de famílias carentes, não deve ser diminuída, e as licitações que são ganhas pelo baixo valor cobrado nas castrações, devem prezar pelo bem estar desses pacientes antes, durante e após o ato cirúrgico, se responsabilizando em tratar os animais e seus tutores com o devido respeito que merecem.


Núcleo de Médicos Veterinários de São João da Boa Vista

Fonte: Fala São João

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.