São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 35 ºC
08/11/2016 | 16:31

Nas últimas 24 horas, duas camionetas foram roubadas em São João

Guia São João | Jornalismo

Os donos de lojas de veículos de São João da Boa Vista tem trocado muitos telefonemas nos últimos dois dias, pois parece que pessoas especializadas em roubos de camionetas tem tentado aplicar golpes nos lojistas da cidade, com a intenção de roubar os veículos.

Eles entram nos estabelecimentos, apresentam-se como possíveis compradores, mostram interesse em um determinado veiculo, dizem que vão visitar outras lojas, ver outras opções e qualquer coisa voltam mais tarde...  e fazem isto.

Mais tarde eles voltam na mesma loja, dizem que a melhor opção de veiculo que encontraram foi aquela e pedem para "experimentar". Neste momento, o dono da loja ainda não desconfia do golpe e autoriza o cliente a dar uma volta... passando certo tempo, nada do cliente voltar e é neste momento que percebe-se o golpe e o roubo.

A loja Boa Vista Veículos, na rua João Osório, foi vítima de um golpe exatamente assim na tarde de ontem. O veiculo roubado trata-se de uma Ford Ranger Limited 2013 Prata - Placa FFH-1983, a da foto.

Infelizmente o SEGURO* não cobre esse prejuízo, já que cabe ao dono do estabelecimento exigir documentos ou garantias que impeçam a pessoa de sumir com o carro. Como o lojista ENTREGA as chaves do veiculo nas mãos do "cliente", e autoriza o mesmo a dar uma volta, não se trata de FURTO ou ROUBO (com ou sem violência), nem dano ou avaria ao patrimônio. 

Como se não bastasse, hoje logo após o almoço, um empresário sanjoanense, proprietário de uma Toyota Hilux, foi surpreendido com a falta de sua camioneta. O mesmo foi até uma farmácia, deixou o veículo estacionado nas proximidades, mas ao retornar o veículo há havia sido roubado.

Não se sabe se há relação entre os roubos, mas dois veículos aparentemente de mesma categoria em menos de 24 horas, chama muito a atenção de todos os sanjoanenses.

* O Guia São João foi pesquisar o motivo do seguro não cobrir o caso acima e descobrimos o seguinte:

Caso a chave *não* tivesse sido entregue pela da revenda, estaria coberto normalmente pelo seguro, pois seria considerado um roubo ou furto (no primeiro ocorre mediante ameaça ou violência à pessoa enquanto no segundo não).

Porém, como a revenda entregou as chaves por ter acreditado que tratava-se de um comprador, isto passou a ser um estelionato: Art. 171 - Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento: Pena - reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, e multa.

O seguro também não cobre a apropriação indébita, que é parecida com o estelionato: neste caso a pessoa não tinha intenção inicial de ficar com o carro, mas resolve posteriormente não devolver. Por exemplo: um amigo que pegue um carro emprestado ou uma pessoa que loque um veículo e não retorne para devolver o bem, *porém não tinha esta intenção inicialmente* (o que não foi o caso da revenda).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.