03/02/2022 | 15:58

Movimentação nos partidos políticos de São João

Gazeta de São João | Jornalismo

O ano de 2022 é de eleição, e nacionalmente o movimento de mudança de partido e busca de apoio para velhas e novas candidaturas é um fato normal. E esta movimentação política também acontece em São João da Boa Vista.

Nos dois últimos meses de 2021 um impasse tomou conta da relação entre o Diretório local do MDB e os Diretórios Estadual e Nacional, que ficaram adiando a homologação dos nomes apontados na Convenção Municipal. O motivo deste impasse era por conta da última eleição para prefeito e vereadores, onde o MDB fez uma coligação com o PSDB, deixando de ser líder da chapa e sem oferecer candidato a vice.

Vale registrar que no período eleitoral municipal de 2020, o ex-prefeito Nelson Nicolau estava impossibilitado de agir politicamente.

E o resultado foi o que todos vivenciam neste momento. Sem conseguir eleger a chapa do PSDB, o ex-prefeito Vanderlei deixou o MDB e se filiou ao PSDB, anunciando sua candidatura a deputado, resta saber se a Federal ou Estadual.

Com o impasse do Diretório Municipal do MDB com o Estadual, começou a corrida dos políticos de plantão para conseguirem a legenda, pois afinal o MDB é um dos maiores do país e com uma história de lutas democráticas, em todos os níveis, principalmente em São João com a liderança de Nelson Nicolau.

O ex-prefeito Nelson tentou, em vão, um diálogo com os Presidentes do MDB nacional e estadual, mas não conseguiu nenhum retorno.

Este descaso com sua história política com o MDB levou Nelson a sair do partido, e vale registrar, o único de toda sua vida pública.

E na corrida de interesses de outros políticos locais, o médico Ademir Boaventura conseguiu aprovação do Deputado Baleia Rossi, presidente do MDB Nacional. E o ex-vereador, ex vice-prefeito, e candidato derrotado nas eleições municipais de 2020 como vice-prefeito na chapa do PSDB anuncia sua saída do “ninho tucano” e filiação ao MDB, dizendo que vai reestruturar o partido.

Esta filiação, de cima para baixo do ex-candidato a vice-prefeito não é usual. Nos meios políticos é tratada como “entrou pela porta dos fundos”. E a reação dos filiados do MDB, dos históricos, muitos com mais de 30, 40, 50 anos no partido, está sendo a desfiliação, pois democraticamente seria mais coerente conversar com o grupo e manifestar interesse em unir forças por uma São João cada vez melhor.

O cenário político desta mudança de partido ainda é nebuloso. Ademir será também candidato a deputado?

 

 

ESPECULAÇÕES

Todos estes fatos geraram ainda muitas outras especulações. Veja, ESPECULAÇÕES. Que PSDB estaria descontente também com a atitude do Dr. Ademir, assim como grande parte dos filiados do MDB.

Há ainda especulações que outros políticos estariam por trás destas mudanças, articulando ser líder em mais de um partido.

E há ainda quem especula que Nelson Nicolau estaria já pensando em outro partido. O ex-prefeito já afirmou publicamente que não saiu do MDB, que foi o MDB que saiu dele, significando sua insatisfação pelo modo como o Diretório Estadual tratou a homologação da Executiva Municipal.

Ao ser novamente questionado qual partido vai se filiar, Nelson Nicolau na tarde desta quarta-feira, 2 de fevereiro foi taxativo, e assim registramos seu posicionamento mais uma vez:

“Já disse e escrevi que não vou pra partido nenhum! Deixei claro no comunicado da decisão de desfiliação e nas entrevistas que dei. Quero liberdade, sem amarras e patrulhamentos e muito menos compromissos pessoais e políticos com quem quer que seja. Não autorizo ninguém a falar ou usar o meu nome.”

Sobre lideranças ligadas a partidos políticos que comentam que Nelson Nicolau, alguns até com certa veemência, como se tudo já tivesse acertado em outro partido, convites para reuniões com sua presença, Nelsinho Nicolau afirmou:

“Será que as pessoas não leem ou não conhecem que não sou de duas caras? Na realidade foi o MDB que saiu de mim e não eu que sai do partido. Se não sirvo mais para o MDB, então o partido também não serve mais pra mim.

Reitero: não me desfiliei para ir pra outro partido. Aliás, militância político partidária é coisa séria. Não se troca de partido a toda hora como se troca de lingerie ou cueca!”

Fonte: Gazeta de São João

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2022 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.