São João da Boa Vista
MIN. 18 º C | MAX. 22 ºC
11/11/2016 | 10:24

Moradores criticam pedreira: rachaduras e riscos

Guia São João | Jornalismo

Moradores do Jardim dos Reis e do Jardim Recanto dos Pássaros, em São João da Boa Vista(SP), reclamam dos danos que uma pedreira próxima ao bairro tem causado. Além do pó e do cheiro forte de explosivos, eles sofrem com rachaduras nos imóveis. A empresa afirma que cumpre todas as leis e que nenhuma explosão é feita fora das normas estabelecidas.

 

 

Moradores sofrem com pedreira em bairro de São João (Foto: Reprodução EPTV)

De acordo com os vizinhos, a preocupação aumentou depois da última explosão, que teria lançado pedras a vários metros de distância.

Moradores sofrem com pedreira em bairro de São João (Foto: Reprodução EPTV)A recepcionista Luciana Maia contou que duas dessas pedras caíram no quintal da vizinha. "Ela tem uma criança de três anos, estava colocando a roupa no varal e tinha acabado de entrar. Agora você imagina se essa pedra cai com eles lá fora", criticou.

Ela também relatou que o pó e o cheiro forte do explosivo ficaram no ar por horas.

“Na frente da minha casa a gente consegue ver um sítio, e eu não conseguia ver nada. Eu não conseguia ver a casa do outro lado da rua, sem falar o cheiro forte, queimava na hora de respirar. Eu que tenho problema respiratório tive muita dificuldade", disse.

 

 

Rachaduras, pó e cheiro forte prejudicam os moradores (Foto: Reprodução EPTV)Rachaduras, pó e cheiro forte prejudicam os moradores (Foto: Reprodução EPTV)

A administradora Elizabeth Germinare também está preocupada com a atividade da pedreira. Ela mora a 300 metros da empresa e está acostumada com o barulho das explosões, mas se assustou com a intensidade da última.

“Dessa vez achei que tinha caído uma casa, que algum botijão de gás tivesse estourado, porque foi muito forte. Não pode continuar assim, é a nossa segurança, nós temos muitas crianças, fica difícil, temos que tomar uma providência”.

 

 

 

Rachaduras
Os moradores afirmam que as explosões trazem ainda outro problema: rachaduras. “Minha casa fica a cerca de 300 metros da pedreira e eu vejo constantemente o aumento da rachadura, piso solto, faz três anos que terminei de construir e infelizmente estou tendo prejuízo material quase que diariamente”, afirmou o bancário Israel Fornaziero.

Se eu não pudesse fazer a casa por causa da pedreira, não deveria ter sido dada autorização para se fazer o bairro"

“Se eu não pudesse fazer a casa por causa da pedreira, não deveria ter sido dada autorização para se fazer o bairro", criticou.

"Ou a pedreira deveria ter comprado uma área maior, onde ela teria uma área de influência, vamos dizer assim, em relação às explosões, ou não poderia ser autorizado fazer o bairro perto da pedreira, alguém fez alguma coisa errada”, completou.

 

Empresa
A pedreira Simoso afirmou que cumpre todas as leis, que toda vez que é feita uma explosão os moradores são avisados e que nenhuma explosão é feita fora das normas e padrões estabelecidos.

A empresa disse que entende os transtornos causados aos moradores, mas que está instalada há mais de 40 anos  e a cidade é que foi crescendo ao redor.

Informou ainda que uma nova unidade está sendo construída em um lugar afastado e que até o meio de 2017 a atual pedreira vai ser desativada.

 

Cetesb e prefeitura
A Companhia Ambiental do Estado De São Paulo (Cetesb) afirmou que a pedreira cumpre a lei, mas que neste ano foi autuada por ultralançamento, quando há risco de que durante a explosão as pedras atinjam as casas, e recorreu. A prefeitura, por sua vez, disse que os bairros foram aprovados dentro da legislação municipal

 

Assista o Vídeo da Reportagem: 
http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2016/11/moradores-de-sao-joao-da-boa-vista-criticam-pedreira-rachaduras-e-riscos.html

Fonte: Globo.com

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.