São João da Boa Vista
MIN. 19 º C | MAX. 29 ºC
22/11/2019 | 09:12

Maratonista da Unifeob participa de prova em Nova York

Guia São João | Jornalismo

corredor Renato Francioli de Oliveira, 63 anos, participou da 49ª Maratona de Nova York, com apoio da UNIFEOB, no último dia 3 de novembro. O percurso teve início em Staten Island e terminou no Central Park, passando por Brooklyn, Queens e Bronx – ao todo, os mais de 53 mil maratonistas percorreram 42km195m. “Correr em Nova York é emocionante. Eu fiquei entre os 21 mil melhores colocados, então para mim foi uma grande satisfação”, relata o desportista, que completou a prova em 4h14m33s.

Para Renato, o patrocínio foi fundamental. “Deu muito mais ânimo para correr. Quis me aproximar da UNIFEOB por ver que apoiam todo tipo de evento, inclusive os de esporte, que é a minha área. Foi uma das minhas melhores participações em maratonas no exterior”, diz. Além dele, apenas mais 841 brasileiros competiram. “É um evento sonhado por todos os atletas. Eu sonhava com isso há mais de 40 anos. E consegui realizar, graças a esse apoio”.

Experiência

Renato não é nenhum principiante. O corredor começou a competir em 1989. “Esse gosto vem desde quando eu tinha 14 anos de idade. Participei muitas vezes em Brasília, Blumenau, São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis. Já fui duas vezes a Buenos Aires; em 1990, havia 12 mil participantes. Fiz a prova em 2h26m, na chuva, e fiquei entre os 10 primeiros, sendo o 2º melhor brasileiro. Participei da Meia Maratona do Uruguai, fui muito bem também”, relembra. A experiência internacional mais recente, antes de Nova York, foi a Maratona de Boston, também com apoio da UNIFEOB. “Só tinha 297 brasileiros, o frio prejudicou muito”, conta.

O retrospecto de Renato em sua faixa etária (de 60 a 64 anos) foi decisivo para a qualificação para correr em Nova York. “Classifiquei pelo índice técnico. Eu precisava completar as maratonas no Brasil em menos de 3h50. No Rio, fiz em 3h12; em São Paulo, 3h18. Por isso, fui um dos primeiros a se qualificar”. Em 2018, competiu em 30 provas. “Ganhei 14 e subi 26 vezes no pódio, sempre entre os três melhores”, declara.

Treinamento

Além da experiência, ele mantém uma rotina de treinamento para participar de diferentes provas. “Não é de hoje que venho me preparando para as corridas. Quando chega a época das maratonas, faço um trabalho com percursos longos. Nos finais de semana, corro mais, faço tiros de 1000 metros, 500 metros em pista, para ganhar fortalecimento”, explica. “É garra e vontade. Eu estou sempre preparado. A corrida não nos dá mais anos de vida, mas dá mais vida aos nossos anos. Essa frase vai estar sempre dentro de mim”, conclui

Fonte: Unifeob

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2019 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.