São João da Boa Vista
MIN. 11 º C | MAX. 25 ºC
18/05/2020 | 07:40

Lojas virtuais tem ajudado nas vendas do comércio local

Guia São João | Jornalismo

Neste momento de isolamento social, pandemia e coronavírus, o comércio de porta aberta tem sentido muito os impactos no que diz respeito a baixa nas vendas, impedimento de atendimento presencial e, consequentemente, baixo faturamento e fluxo de caixa.

 

Com isto, mais uma vez a tecnologia vem ajudar na solução desses problemas e até mesmo na descoberta de um novo mundo: o do comércio eletrônico para os micros e pequenos empresários.

 

As pessoas já conhecem os grandes players de vendas online, como B2W, Pão de Açúcar, Mercado Livre, Magazine Luiza, etc... agora, o pequeno e médio empresário, que antes só tinha faturamento oriundo do atendimento presencial, encontrou na internet uma força significativa para enfrentar essa crise, por meio de pagamentos digitais e lojas virtuais.

 

A loja virtual trata-se de uma forma de o comerciante e/ou profissional organizar e expor seus produtos e serviços, relatar as informações e características desses produtos (e/ou serviço), informar as condições e prazos de entrega, assim com o preço e as formas de pagamento.

 

Segundo Beto Couto, da agência Fleg Comunicação, nos últimos meses muitos  pequenos e médios empresários procuraram implantar lojas virtuais em seus respectivos modelos de negócio. Alguns desses por questão de aumentar o leque de opções para que seus respectivos clientes possam adquirir produtos e serviços, outros em consequência da pandemia Coronavírus, uma vez que esta tem sido uma boa opção para continuar e/ou aumentar as vendas.

Uma loja virtual deve oferecer informações detalhadas e objetivas sobre o produto ou serviço, uma vez que não possuem vendedores e atendentes frente a frente com o cliente, e também ajudar o cliente a tomar a melhor decisão. Deve transmitir confiança, clareza nas informações e prover o esclarecimento de dúvidas que os clientes possam vir a ter . O visitante precisa saber como entrar em contato com a loja caso precise de alguma informação adicional ou atendimento pós-venda”, explica Beto Couto.

 

A principal característica de uma loja virtual é a presença de um carrinho de compras ou cesto de compras. Essa funcionalidade possibilita ao visitante adicionar produtos a um cesto de compras e finalizar o pedido num ambiente criptografado, onde seus dados pessoais e financeiros estarão protegidos. Em geral, o endereço de lojas virtuais seguras é protegido pelo certificado SSL, o HTTPS, que garante uma conexão segura para o internauta.

 

Algumas das formas de pagamento utilizadas nas transações são cartão de crédito; boleto bancário; transferência bancária e até pagamento na contra entrega (através de Sedex a Cobrar, por exemplo). Há também à intermediação financeira através de outra instituição, como Pag Seguro, Mercado Pago, etc.

Criação de Loja Virtual em SP | Agência SEOSP | Desenvolvimento de ...

 

No Brasil, segundo dados da E-bit, 30 milhões de pessoas fizeram pelo menos uma compra online no primeiro semestre de 2019. São os chamados e-consumidores. Por isso, os grandes varejistas virtuais do país cada vez se consolidam mais em um mercado que ainda tem grande potencial de crescimento.

No atual cenário que estamos vivendo, as vendas pela internet representam também uma grande oportunidade para as pequenas empresas, uma vez que as ferramentas de marketing digital e tecnologia,  possibilitam que briguem de igual para igual com os grandes varejistas, afinal, são comércios e empresas já consolidadas, tradicionais e muito conhecidas localmente, com público e clientela fiel, portando, as lojas virtuais desenvolvidas para o pequeno empresário são as que tem presentado crescimento mais significativo.

 

Uma loja virtual, dependendo do seguimento, pode estar pronta em 15 dias, desde o credenciamento bancário (para recebimento de pagamentos online), a estruturação básica e organização dos itens à vender, o cadastro de produtos com fotos, descrição e preços no sistema online,  até a inauguração da Loja Virtual e o início das vendas”, finaliza Beto

 

Mídias sociais com Facebook, Instagram e Apps de mensagens com o WhatsApp, Skype ou Messenger, podem ser integrados às Lojas Virtuais e oferecerem ainda mais comodidade e facilidade no atendimento e esclarecimento de dúvidas dos clientes.

Enfim, é chegada a hora de explorar os meios digitais para alavancar as vendas do seu negócio e uma loja virtual pode ser uma ótima solução

 

Informações e esclarecimentos no endereço www.fleg.com.br

 

Fonte: Agência Fleg Comunicação

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.