São João da Boa Vista
MIN. 13 º C | MAX. 26 ºC
28/05/2016 | 00:00

Food Truck Festival surpreende participantes e agrada o público

Jornal O Município | O Município

A primeira edição do Food Truck Festival, em São João da Boa Vista, termina hoje, dia 28, às 22h.

O endereço do evento é Av. Dr. Oscar Pirajá Martins, nº 901, local do antigo Expresso São João e, apesar de ter entrada franca, recomenda-se levar 1 kg de alimento não perecível, que será doado a entidades assistenciais da cidade.

No primeiro dia do Festival, a reportagem do O MUNICIPIO foi conferir a diversidade gastronômica "sobre rodas" e conversou com alguns "food truckeiros", todos com ótimas expectativas e as melhores impressões sobre o evento.

DA FEIRA PARA A ESTRADA

Renan Bueno, de Americana, trabalha para a Bueno's Food Truck, de pasteis artesanais, e conta que está há cerca de um ano com este negócio, nas ruas.

"Mas a gente já trabalha com comida há mais de 20 anos; vem de família e, na nossa cidade local, nós fazemos feira, enfim, viemos da feira", comenta ele, acrescentando que o food truck foi uma adaptação disso.

Sobre a ideia de ter um food truck, Renan pontua que queria levar ao público a verdadeira comida de rua, de modo que resolveu fazer da feira, uma alternativa itinerante.

"É igual, mas com rodinhas. E o nosso produto é bem artesanal, produção bem autêntica, desde a massa até o produto final, é tudo a gente que produz, sem conservante, tudo bem fresquinho e saboroso", diz.

O negócio deu certo e a Bueno's Food Truck já está com dois carros, sendo que, concomitante com o evento de São João, o outro veículo estava em Campos do Jordão, em Festival parecido.

"Foi um universo totalmente diferente do que a gente estava habituado, do que aquela coisa só de feira; num food truck, você tem uma cozinha industrial num carro", finaliza Renan.

ARÁBIA DO SEU LADO

Robert Saliby Freddi, do food truck Saliby's, é de Americana também e trouxe um pouco da gastronomia árabe, com beirutes, quibe assados, homus, entre outros.

Há quase um ano neste ramo, Robert confessa que sempre gostou de cozinhar, já teve lanchonete, restaurante mas também trabalhou oito anos numa empresa.

"Resolvi voltar para o ramo alimentício, mas não pensava em abrir um ponto fixo. Fui em alguns eventos de food truck e gosto de viajar, então aproveitei o embalo e falei 'vou montar um para experimentar'", conta.

Com a Saliby's, Robert participa de Festivais como o de São João praticamente todos os fins de semana e, apesar da instabilidade na economia do país, pondera que tem compensado.

"O mercado deu uma explosão muito grande nesse ramo (food truck), então, tem muito concorrente. Mas, mesmo assim, graças a Deus são mais altos do que baixos", Robert conclui.

Ao analisar o Food Truck Festival de São João, Robert comenta que, para o primeiro dia, o público foi acima do normal e, por ser almoço, horário em que, normalmente, o movimento é menor, superou suas expectativas.

Para ter um food truck assim, como um trailer, Robert salienta que o investimento é a partir de R$ 20.000,00 e pode chegar a R$ 300.000,00 ou R$ 350.000,00, dependendo de como se vai equipá-lo ou como se vai montar o veículo.

SABOR DO MÉXICO

Rodrigo Rossin, de São Paulo, há 8 meses é proprietário do Gracamole en la rua, um foodtruck especializado em comida mexicana.

"A gente tem sociedade com um grupo de alimentação de Santa Catarina, que abrange os restaurantes Guacamole e Steak House e aproveitamos a tendência do mercado, o momento, para fazer uma releitura dessas marcas, num modelinho de food truck", Rodrigo explica.

O Guacamole em la rua tem viajado bastante e, sobre o Food Truck Festival, de São João, Rodrigo vislumbra que, se o evento continuar como no primeiro dia, vai ultrapassar as expectativas.

"O mercado está em crise para todo mundo, mas aqui está sendo muito bom, graças a Deus", diz.

Para equipar um carro, transformar um veículo num food truck, Rodrigo argumenta que o valor do investimento depende do modelo de operação que se vai montar no truck, do tipo de carro que se escolhe mas, com predisposição, dá para deixar tudo dentro do orçamento.

"No Guacamole em la rua, com tudo mesmo, desde carro, adesivagem, baú, equipamentos, foram R$ 92.00,00 mas, com muita luta, graças a Deus, temos acertado a mão nos eventos", finaliza ele.

O público também agradece a vinda de eventos assim para São João.

Inara Camargo Buzon dos Santos, escrevente judiciária, gostou bastante da diversidade de comida e considera que estes eventos são muito benéficos para a cidade.

"Atrai pessoas de toda a região e mesmo para a gente, que, às vezes, não tem o que fazer aqui, sempre a mesma coisa, isso é uma novidade; compensa, sim, vale a pena, tem que ter mais", exclama a escrevente.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.