São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 30 ºC
06/03/2018 | 09:00

Febre amarela: Unidades de Saúde ampliam atendimento após caso confirmado

Guia São João | Jornalismo

O caso de febre amarela confirmado na zona rural de São João da Boa Vista, nas últimas semanas, fez a Prefeitura estender o horário de atendimento, até às 19h, nas 13 Unidades de Saúde, para que a população possa tomar a vacina que previne a doença.  

No entanto, a ampliação do horário ocorrerá somente nas segundas-feiras do mês de março, ocasião em que os prédios públicos estarão de portas abertas, principalmente, para atender quem tem dificuldades de acesso à unidade do bairro durante o dia. 

O único caso de febre amarela, em 2018, foi confirmado na região do Sítio Pedra Branca, Estrada que liga São João a Vargem Grande do Sul, zona rural do município. Apesar da gravidade, segundo o Departamento Municipal de Saúde, a paciente está quase recuperada. 

Trata-se de uma mulher de 40 anos que reside em Lindoia, mas que visita São João com frequência. Logo que divulgado o resultado, a Vigilância Epidemiológica e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) iniciaram uma varredura na região.

Durante o trabalho de verificação, as equipes do CCZ encontraram um macaco morto nas imediações do bairro Pedregulho, e já o encaminharam para análise para constatar se o animal contraiu mesmo a doença. 

Perante aos apontamentos, o Departamento de Saúde traçou estratégias de imunização a moradores de chácaras, sítios e fazendas, localizadas em regiões suspeitas.

Na manhã desta segunda-feira, 5, por exemplo, equipes da Prefeitura iniciaram visitas em toda a extensão da Estrada Velha São João/Vargem e Rodovia SP/344 para orientar e vacinar os moradores.     

“A gente espera que a população esteja vacinada diante das estratégias anteriores. Se alguém se mudou para a zona rural ou não se vacinou, nós vamos vacinar nessas regiões para não deixar ninguém suscetível à doença”, explica Ludmila Barros Zan, coordenadora do Setor de Vigilância Epidemiológica. 

Devido à proximidade com a área em que foi registrado o primeiro caso da doença, a Unidade de Saúde do Jardim Maestro Mourão adotará horário diferenciado em toda a semana, das 7h às 19h, até sexta-feira, dia 9.

A Prefeitura pretende aumentar a cobertura vacinal no município, atualmente na faixa de 43% da população, o alente a 38 mil pessoas imunizadas contra a febre amarela. 

Ludimila reforça que a vacina é indicada para maiores de 9 meses até 60 anos de idade. Segundo a coordenadora, o estoque é suficiente para atender a demanda. 

“Essa questão para maiores de 60 anos era conforme o risco epidemiológico. Enquanto não tínhamos nenhum caso registrado, estávamos vacinando até os 60 anos e para quem tinha mais, a gente pedia um relatório do médico autorizando. Agora, como já temos um caso positivo na zona rural, nós estamos abrindo para quem tem mais de 60”, esclarece.  

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2018 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.