São João da Boa Vista
MIN. 15 º C | MAX. 27 ºC
17/09/2016 | 15:03

É preciso pensar na Segurança Pública para votar, aponta Conseg

Jornal O Município | Jornalismo

“Esse é o momento de cobrarmos dos candidatos um posicionamento ousado, atualizado e qualificado em relação à segurança pública”.

É este o alerta do presidente do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), David Noronha, para escolher em quem votar nas Eleições 2016 - tanto para prefeito quanto para vereador.

Noronha destaca que São João da Boa Vista passa por um momento em que há necessidade de repensar de forma coletiva a Segurança Pública pelo viés da prevenção. E isso, de acordo com ele, se dá com a qualificação de educação, cultura, lazer, saúde e boa iluminação, por exemplo.

“Todos esses elementos fazem parte da questão de Segurança Pública e o que nós [Conseg] batemos muito recentemente é no planejamento urbano, que é uma ferramenta importantíssima nessa situação social em que se tem a oportunidade de valorizar ou desvalorizar o seu cidadão quando você o coloca privando de acesso a essas coisas básicas”, pontuou ele.

Ainda sobre a importância do planejamento urbano, o presidente do Conseg alerta que, por meio dele, a cidade se torna boa para a população de forma geral.

“Quando se quer o melhor para aqueles que não têm acesso as coisas básicas, você está na verdade qualificando e dando oportunidade para que essa população se qualifique. Uma cidade não pode ser boa se uma parte dela está indo de mal a pior”, frisou.

REFLEXO NA SEGURANÇA

Por conta de a cidade não ter se preparado para o próprio crescimento, David Noronha revela que os índices de criminalidade, mesmo ainda controlados, já estão em uma crescente e chegando “no limite”.

Para abordar o tema Segurança Pública, Noronha pontuou três aspectos que ele aponta como essenciais e importantes na cidade: o excelente trabalho da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Ministério Público para controlar os índices criminais, a falta de efetivo e a alarmante crescente no número de crimes como furtos, roubos e, até mesmo, estupros.

“Temos números que nos preocupam porque, neste ano, por exemplo, tivemos estupros. Em março tivemos três registrados e no mês de julho também. Lembrando que esses números são oficiais, números que foram registrados com Boletins de Ocorrência. Mas o que preocupa ainda mais é o fato de que muitos casos não são notificados, não são levados ao conhecimento de autoridades”, relatou.

Mesmo com essa crescente, o líder do Conseg em São João destaca que os números ainda estão sobcontrole, mas que, caso não haja um pensamento por parte dos governantes de mudar esse panorama, eles vão subir de maneira desenfreada.

 “A manutenção desses índices na faixa em que está se deve diretamente a esse esforço coletivo das polícias Militar e Civil e também do Ministério público. Porém, convivemos com falta de efetivo. Hoje a Polícia Civil realmente está em um ponto muito crítico em relação a efetivo. Estivemos em São Paulo para falar na Secretária de Segurança Pública sobre esse ponto e queremos resolver isso”.

PARA MUDAR O CENÁRIO

David Noronha destaca que este cenário pode ser mudado a partir do pensamento dos gestores da cidade. Para ele, Segurança Pública não é apenas colocar polícia na rua, mas sim lutar pela prevenção, pois “quando há necessidade da ação da polícia e/ou do judiciário é sinal de que os outros elementos sociais falharam”.

“Segurança Pública se faz com tecnologia, monitoramento público, é onde você pode utilizar equipamentos de alta tecnologia para obter resultados em termos de redução de criminalidade por meio de câmeras de segurança, de reconhecimento de placas. Precisamos pensar em tudo isso na hora de votar para que São João continue sendo essa cidade maravilhosa. Infelizmente estamos indo em uma direção onde podemos perder tudo isso. Então, é um alerta para toda população sanjoanense. Que haja uma mudança de pensamentos e que se priorize o bem de todos”, finalizou. 

Fonte: Jornal O Município

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...







Outras Notícias



Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.