São João da Boa Vista
MIN. 18 º C | MAX. 27 ºC
16/06/2021 | 08:43

Deficit de policiais civis é divulgado pelo Sindpesp

Gazeta de São João | Jornalismo

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP) divulgou dados atualizados sobre o déficit de policiais civis no Estado de São Paulo, com números divididos por delegacias regionais e por carreiras. Hoje, em números absolutos, o déficit no Estado é de mais de um terço do efetivo total, De acordo com o SINDPESP, pouquíssimas regiões do Estado contam com efetivo próximo do completo. A maioria segue o déficit estadual e algumas seccionais chegam a trabalhar com menos da metade dos policiais previstos.

A Delegacia Seccional de Polícia de São João da Boa Vista é formada por 8 municípios: São João da Boa Vista, Aguaí, Águas da Prata, Divinolândia, Espírito Santo do Pinhal, São Sebastião da Grama, Vargem Grande do Sul e Santo Antônio do Jardim. Segundo o DISDPESP o déficit estadual está perto de 35%, então, em média, a Polícia Civil trabalha com apenas 65% dos seus cargos ocupados no Estado.

DADOS

De acordo com o SINDPESP, São João tem 22 cargos de Delegado previsto em lei para a Seccional, e somente 9 cargos ocupados.

E os números seguem baixos em outros cargos na Seccional de São João da Boa Vista, que por lei tem 247 cargos previstos e apenas 115 ocupados:

- 58 cargos de Escrivão e apenas 29 ocupados;

- 93 cargos de Investigador e apenas 42 ocupados;

- 54 cargos de Agente Policial e apenas 54 ocupados;

- 8 cargos de Agente de Telecomunicações e 7 ocupados.

- 3 cargos de Papiloscopistas e apenas 1 ocupado;

- 9 cargos de Auxiliar de Papiloscopistas e apenas 2 ocupados.

A seccional de São João da Boa Vista está muito abaixo da média estadual e trabalha com somente 47% dos seus cargos ocupados.

Além de sobrecarregar os policiais, que chegam a realizar a função que deveria ser feita por 4 pessoas, esse déficit compromete muito a qualidade do serviço de investigação e a segurança pública dos moradores da região

“Esse déficit é um dos problemas que formam o triste cenário da Polícia Civil de São Paulo. Hoje trabalhamos com equipamentos obsoletos, viaturas sem manutenção e delegacias em péssimo estado de conservação”, diz a presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, Raquel Kobashi Gallinati.

“A situação só não é pior pela dedicação dos policiais civis, que se desdobram para oferecer uma segurança pública de qualidade, ainda que o resultado fique abaixo da potencialidade da polícia, pela falta de investimento do Governo”, completa a presidente.

NO ESTADO

Hoje, em números totais, o Estado tem 27.507 policiais civis, apesar da legislação determinar que a Polícia Civil tenha 41.912 policiais para a atividade em todo o Estado. Hoje, o déficit é de 14.405 profissionais em números absolutos.

Nas fotos divulgadas pelo SINDPESP: quadro do déficit na Seccional de São João da Boa Vista e Presidente Raquel Kobashi Gallinati.

Fonte: Gazeta de São João

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2021 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.