São João da Boa Vista
MIN. 12 º C | MAX. 25 ºC
01/06/2016 | 00:00

Claudinho é novo vice da Câmara

Jornal O Município | O Município

Já passava da uma da manhã, desta terça-feira (31), quando os votos que elegeram Claudinho (PMDB) para ser o novo vice-presidente do Legislativo começaram a ser depositados na urna.

Antes disso, durante a sessão da Câmara Municipal, que teve início na noite de segunda-feira (30), ocorreram diversas reuniões em salas fechadas para decidir os candidatos e discussões a respeito do 'caso João Henrique.

O adversário de Claudinho, que teve oito votos, foi o advogado Marco Mixirica (PC do B). O vereador fez frente para o adversário e perdeu o pleito por um voto, mesmo ao participar apenas de sua segunda sessão, após ter assumido na última semana o cargo no lugar do cassado Leonildes Chaves (PHS).

ELEIÇÃO

O nome de Claudinho surgiu na última reunião fechada entre os vereadores da base aliada ao prefeito Vanderlei Borges de Carvalho (PMDB).

Bira (PR) seria o candidato do grupo e era cotado como já eleito durante os dias que antecederam o pleito. Cenário este que mudou pelo desejo de Odair Pirinoto (PTB) e Marco Mixirica (PC do B) por também concorrerem.

Mixirica chegou a figurar tanto no grupo da base aliada quanto no da oposição como candidato. Já Pirinoto colocava em risco a eleição de Bira por conta de que vereadores como Ademir Boaventura (PSDB), Gerson Araújo (PMDB) e Reberson Menezes (PV), teoricamente, deviam favor ao edil por acordo político firmado durante a posse da Câmara, no dia 1º de janeiro de 2013.

Na oportunidade, Boaventura, Araújo e Menezes figuravam na oposição e, para terem maioria na Casa de Leis, concordaram em eleger Roberto Campos (hoje Rede, antes PSDB) como presidente e traçaram planos para que o grupo ficasse à frente do Legislativo até o último ano do mandato.

Outro motivo que faria, pelo menos, Araújo e Boaventura votarem em Pirinoto seria o fato de deverem a ele um voto. Quando Gérson Araújo foi eleito vice, no início de 2014, e ficou no cargo até o final daquele ano, teve o voto de Pirinoto. Mesma situação de Ademir Boaventura, que foi votado para vice por ele, em 2015, e atualmente ocupa a presidência por conta disso.

VOTO DECISIVO

Um dos votos decisivos foi o de Ademir Boaventura que, ao contrário do que normalmente ocorre, escolheu seu candidato e votou de maneira secreta, ao invés de esperar pelo possível empate e votar - atitude adotada pelo presidente em outras votações do Legislativo.

Ao final da contagem, Claudinho contabilizou oito votos, contra sete de Marco Mixirica, e foi eleito vice-presidente.

Existe a dúvida quanto aos votos de Odair Pirinoto e José Eduardo (PSB). Mesmo fazendo parte da oposição, existe a possibilidade de Pirinoto ter escolhido Claudinho e não Mixirica. Já com José Eduardo a hipótese é a contrária: mesmo, na teoria, sendo da base aliada, ele pode ter votado em Mixirica e não em Odair.

Votos certos para Claudinho foram os de Bira, Reberson, Titi (PSDB), Fernando Betti (PDT), Gerson e Ademir; além do dele mesmo.

Claudinei Damalio (PTB), João Henrique (PSD), Elenice Vidolin (Solidariedade), Rui Nova Onda (PTB) e Roberto Campos (Rede) votaram em Mixirica, que contou também com o voto dele mesmo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...







Outras Notícias



Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.