São João da Boa Vista
MIN. 19 º C | MAX. 31 ºC
29/11/2018 | 15:30

Circolo italiano tem convênio para processos de dupla cidadania

Gazeta de São João | Jornalismo

O sonho do reconhecimento da cidadania italiana pode estar mais próximo da realidade para muitos ítalo-brasileiros da região de São João da Boa Vista. Isso porque o Circolo Italiano formalizou um convênio com a agência Euro Italy.

A empresa é especializada em assessoria para descendentes de italianos que buscam o reconhecimento de sua cidadania diretamente na Itália:

“Os processos são acompanhados com profissionalismo e respeito aos ítalo-brasileiros, reduzindo o tempo e os custos para quem precisa destes serviços”, afirmou Fernando Squilasse, representante da agência, que opera desde 2015 e já assessorou, inclusive, atletas e artistas que tiveram a cidadania reconhecida.

DEMANDA ALTA

São João da Boa Vista é uma cidade que tem 55% de descendentes de italianos em sua população*, número expressivo que se comprova no Índice Geral do Registro de Estrangeiros: “A cidade foi uma das poucas a colher depoimentos de imigrantes de todas as nacionalidades, entre 1939 e 1943, por determinação do então presidente Getúlio Vargas. Os documentos, que auxiliam nos processos referentes à cidadania, foram digitalizados pelo Circolo e podem ser consultados no site da prefeitura”, informou o representante da entidade, Hediene Zara.

O problema é que a Agência Consular está inoperante em São João e muitas pessoas que precisam do acompanhamento de processos ou de informações básicas sobre documentos não conseguem auxílio e precisam ir ao Consulado, em São Paulo. “Acreditamos, diante deste cenário, que a parceria surge num momento apropriado. Com a Euro Italy, os ítalo-brasileiros de São João poderão consultar a situação de seus documentos sem compromisso e receberão atendimento adequado e a proposta para acompanhamento profissional de seus processos”, disse Squilasse.

 

DIREITO DE SANGUE

A cidadania italiana é determinada pelo chamado “direito de sangue” e não pelo local de nascimento do interessado: “Mesmo tendo nascido no Brasil, uma pessoa pode ser italiana, de fato e de direito. O princípio da cidadania se dá pelo sangue, pela descendência, não pela localidade de nascimento”, explicou Zara.

A análise de documentos que comprovam a descendência pode ser marcada com a agência Euro Italy. O site da empresa mostra detalhes sobre suas atividades e exemplos de sucesso no acompanhamento dos processos (euroitaly.com.br)

Fonte: Gazeta de São João

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2018 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.