São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 30 ºC
25/05/2016 | 00:00

Base aliada tinha três candidatos

Jornal O Município | O Município

Antes do anúncio de que a eleição para vice-presidente seria realizada apenas na próxima segunda-feira (30), vereadores da base aliada ao prefeito Vanderlei Borges de Carvalho (PMDB) se reuniram por diversas vezes para definir quem seria o candidato.

Com maioria no Legislativo, havia a certeza de que a vitória viria caso a eleição ocorresse.

Três vereadores colocaram o nome à disposição para concorrer ao cargo: Bira (PR), Reberson Menezes (PV) e, até mesmo, Marco Mixirica (PC do B), que participava de sua primeira reunião.

Depois de conversas em sala fechada, ficou decidido que Bira seria o nome da base aliada. Ele já tentara candidatura no início do ano, quando Leonildes Chaves (PHS) foi eleito para a função, mas retirou a intenção por saber que, com minoria na Câmara, perderia o pleito.

OPOSIÇÃO E ACORDO

Rui Nova Onda (PTB) seria o candidato da oposição caso a eleição fosse realizada. Deve ser ele também o indicado para tentar vencer o pleito na próxima segunda.

Mesmo assim, nos bastidores do Legislativo, surgiu o nome de Odair Pirinoto (PTB) como possível concorrente.

Caso essa escolha fosse feita, seria para que a oposição tivesse chance de sair vencedora do pleito. Vereadores como Gérson Araújo (PMDB), Reberson Menezes e o presidente Ademir Boaventura (PSDB), que até o ano passado faziam parte da oposição, poderiam se sentir pressionados a votar em Pirinoto.

Essa pressão ocorreria por acordo firmado em 1º de janeiro de 2013, na posse dos vereadores, quando Araújo, Menezes e Boaventura concordaram em eleger Roberto Campos (hoje Rede, antes PSDB) como presidente e traçaram planos para que a oposição ficasse à frente do Legislativo até o último ano do mandato.

Outro motivo que faria, pelo menos, Araújo e Boaventura votarem em Pirinoto seria o fato de deverem a ele um voto. Quando Gérson Araújo foi eleito vice, no início de 2014, e ficou no cargo até o final daquele ano, teve o voto de Pirinoto. Mesma situação de Ademir Boaventura, que foi votado para vice por ele, em 2015, e atualmente ocupa a presidência por conta disso.

Essas situações não ocorreriam e não vão ocorrer caso Rui Nova Onda seja o candidato, pois antes de mudar do PV para o PTB, ele fazia parte da base aliada e não firmou o mesmo acordo idealizado na data da posse.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...












Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.