São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 30 ºC
17/02/2017 | 13:34

Após 1º caso, São João faz nebulização contra febre amarela

Guia São João | Jornalismo

O Departamento Municipal de Saúde,  em parceria com a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), realiza a partir desta quarta (15) até sexta-feira (17) ações de nebulização contra a febre amarela. A cidade confirmou o primeiro caso da doença na terça-feira (14). Este é o terceiro caso na região, que já registrou uma morte em Américo Brasiliense e um caso importado em São Carlos.

Segundo a Vigilância Epidemiológica de São João da Boa Vista, o paciente, um atônomo de 62 anos, contraiu a doença em uma viagem a na região de Capitólio (MG) e ficou internado na Santa Casa por 8 dias, no começo de janeiro. A confirmação foi feita pelo Instituto Adolfo Lutz.

Santa Casa de São João da Boa Vista (Foto: Eder Ribeiro/ EPTV)
Paciente ficou internado na Santa Casa de São João da Boa Vista (Foto: Eder Ribeiro/ EPTV)

Ele tomou soro e remédios e já está curado da doença. "O período de viremia, que é o vírus circulando no organismo, já passou. Quando a gente notifica o caso como suspeito, a gente já considera ele positivo e já desencadeia todas as ações para que não contamine outras pessas”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Ludimila Barros Zan.

O homem, que preferiu não se identificar, disse que nunca tomou a vacina contra febre amarela. Ele foi pescar e entrou em uma mata na cidade mineira. Assim que chegou de viagem teve febre alta, muita dor no corpo e falta de apetite. A família dele foi imunizada mesmo antes de se ter certeza que ele tinha a doença.

Vacinação
Como fica na divisa com Minas Gerais, onde 69 pessoas já morreram de febre amarela, São João da Boa Vista já havia começado a vacinação contra a febre amarela em moradores da zona rural e as crianças de nove meses a 4 anos. O grupo foi priorizado para que não falte vacinas na cidade, que recebe 40 mil doses por ano. A cidade também imuniza outros nove municípios.

Na sexta-feira passada, depois da confirmação da morte de um macaco com a doença em Poços de Caldas, as doses foram liberada para todos os moradores. Agora, aumentou a preocupação e a procura pela vacina na cidade. De janeiro até agora, 7 mil pessoas já foram vacinadas e a Secretaria de Estado da Saúde mandou outras 7 mil doses.

Nebulização em São João da Boa Vista (Foto: Reprodução/ EPTV)
Nebulização contra o Aedes começou em São João da Boa Vista (Foto: Reprodução/ EPTV)

Nebulização
Diante desse registro, a prefeitura vai realizar ações das 18h às 21h contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença e também da zika, dengue e chikungunya.
.
Durante a nebulização, é recomendado que os moradores abram as portas e janelas das residências e protejam alimentos, filtros de água, gaiolas de pássaros e aquários.

Outra orientação importante refere-se aos cuidados com crianças, idosos e pessoas com problemas respiratórios (asma e bronquite). Eles devem permanecer em um cômodo fechado por aproximadamente 30 minutos, ressaltou a coordenadora da Vigilância.

Locais de aplicação
A nebulização será feita na Vila Conceição. Os trabalhos de aplicação de inseticida ocorrem nas ruas Tabapuã, Antônio Castelo Branco, Esteves Zanetti, Juvenal Nogueira, José Estevan, Coronel Domingos Teodoro, Boa Vista, Júlio de Freitas, José Bonifácio e Lucina Vasconcellos.

A ação também será realizada na Vila Primeiro de Maio, onde foi registrado o primeiro caso da doença, nas ruas Cesário Travassos, Padre Geraldo, Padre Egídio, Capitão José Guimarães, Leôncio de Godoy Cereja, Duque de Caxias, Francisco Marin e Manuel Ribeiro.

Na Vila Operária, a aplicação de inseticida ocorre na Rua Padre Josué e na região central nas ruas Campos Sales, Saldanha Marinho, General Carneiro, Marechal Deodoro, Prudenciano Azevedo, Antônio Machado, Rangel Pestana, Carlos Kielander.

Vacina contra a febre amarela protege pelo o período de 10 anos (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Vacina contra a febre amarela protege pelo período de 10 anos (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Recomendação
Das 42 cidades da região de cobertura da EPTV Central, apenas dez não estão na lista do Ministério da Saúde das áreas com recomendação da vacina contra a febre amarela.

Fonte: Globo.com

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2018 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.