São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 30 ºC
18/12/2017 | 10:20

Águas da Prata sobe 143 posições no "município verde e azul"

Guia São João | Jornalismo

Águas da Prata fez 46.86 pontos e ficou na posição 171. A cidade ainda não conseguiu a certificação, já que para isso são necessários no mínimo 80 pontos, mas em relação ao ano passado, a melhora foi bem significativa. Em 2016, a Águas da Prata ficou na posição 314 com 19.26 pontos, ou seja, a ascensão foi de 143 posições.

BOM DESEMPENHO
Com 46,86 e posição 171 no ranking, Águas da Prata desbancou três estâncias paulistas: Águas de São Pedro (posição 300), Águas de Lindóia (posição 307) e Águas de Santa Barbara (posição 442).

MUDANÇAS
A edição 2017 do Programa teve algumas mudanças em relação às edições anteriores. “O programa ficou mais rígido, tanto é que apenas 48 cidades conseguiram fazer mais que 80 pontos, mesmo assim, conseguimos subir 143 posições. Assumimos este ano e ainda com mudanças no programa, isso influenciou muito. Claro que ainda não é o ideal, mas estamos evoluindo bem e para a próxima, com certeza vamos surpreender ainda mais”, disse Marcos Santos, secretário municipal de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente. O secretário fez questão de ressaltar a importância do apoio recebido do prefeito Carlos Henrique. “Ele nos cobra muito por resultados, mas sempre com muito respeito e nos dá todo o respaldo necessário para que a gente realize um bom trabalho”.

FOCO NO MEIO AMBIENTE
O projeto Município Verde Azul é um dos 21 projetos ambientais estratégicos da agenda ambiental paulista e convida os municípios a aderirem a partir da assinatura de um “Protocolo de Intenções” que propõe dez Diretivas Ambientais. Assim é estabelecida a parceria entre o município e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente que orienta, segundo critérios específicos a serem avaliados, os rumos e ações necessários que o município precisa adotar para ser certificado como “Município Verde Azul”.

OBJETIVOS
As dez Diretivas são: Esgoto Tratado, Lixo Mínimo, Recuperação da Mata Ciliar, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Habitação Sustentável, Uso da Água, Poluição do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho de Meio Ambiente, onde os municípios concentram os seus esforços na construção de uma agenda ambiental efetiva.

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente acompanha e auxilia os municípios no cumprimento de sua agenda ambiental e faz uma avaliação do desempenho dos municípios atribuindo notas que variam de zero a cem, para cada uma das diretivas. Os municípios com nota superior a oitenta recebem o certificado de “Município Verde Azul”. Há também um prêmio para o melhor colocado em cada uma das 22 bacias hidrográficas do estado, que recebem o Prêmio Franco Montoro de Ecologia.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas no palco e área interna

Os “municípios verdes” possuem prioridade no acesso às políticas de governo e o projeto acaba criando uma competição sadia entre as prefeituras, tendo em vista que a melhoria na pontuação depende diretamente da efetivação de ações ambientais nos municípios.

A legislação paulista do ICMS Ecológico, que está em fase de reformulação para atualização e aprimoramento, deverá considerar a pontuação dos municípios no projeto “Município Verde Azul” como um dos fatores para a pontuação nos índices de participação do critério ambiental.

 

Fonte: Prefeitura Municipal Águas da Prata

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2018 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.