São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 30 ºC
07/08/2018 | 08:05

Agentes comunitários de saúde são integrados à USF do Jardim das Azaleias

Guia São João | Jornalismo

A Unidade de Saúde da Família (USF) Benedito Carlos Rocha Westin, no Jardim das Azaleias, conta, desde quarta-feira, dia 1º, com 10 agentes comunitários de saúde. O grupo de servidores municipais tem a responsabilidade de visitar famílias que residem na área de abrangência da USF e cadastrar dados de moradores. 

As visitas domiciliares acontecem de segunda a sexta-feira, nos períodos da manhã e tarde. A estimativa do Departamento Municipal de Saúde é que o procedimento, realizado com 16 mil moradores, seja concluído no máximo em três meses.

O cronograma de visitas inclui 14 bairros: Jardim Belvedere, Jardim das Amoreiras 1 e 2, Jardim das Azaleias, Jardim das Rosas, Parque dos Resedás 1, 2 e 3, Jardim Flamboyant, Jardim Jacarandás 1 e 2, Jardim Primavera, Jardim Tereza Cristina e Jardim Aurora. 

“A nossa função, além de pegar a documentação, cartão do SUS, é saber o que os moradores têm para que, quando nós colocarmos esses cadastros nos computadores, os médicos saibam”, explica o agente comunitário Jurandir Calixto. 

Segundo o diretor municipal de Saúde, Lúcio Doval, os profissionais agentes comunitários têm atuação fundamental em São João. Neste trabalho realizado de forma mais próxima aos moradores é possível extrair informações relevantes que podem facilitar o atendimento do paciente na USF. 

“Os agentes são os ‘nossos olhos’ junto à população. Criam um vínculo importante com a comunidade e desempenham uma função extraordinária no acompanhamento das famílias", destaca o diretor. 

Nesta ação, implantada recentemente na região do Jardim das Azaleias, há o acompanhamento de estudantes do 5º ano do curso de medicina do centro universitário UNIFAE. Tanto os futuros médicos quanto os agentes realizam o trabalho devidamente com uniforme e crachá. 

“Nesse momento, ninguém será proibido de usar a unidade sem o cadastro. Porém, é importante ter os dados das famílias”, diz Fábio Ferraz, chefe do Setor de Educação e Comunicação do Departamento de Saúde. 

Moradora da primeira etapa do Parque dos Resedás, Andreza de Oliveira Gomes sabe que o trabalho de coleta de dados contribui de forma significativa para melhorias na área da saúde. 

 

“É muito bom quando eles vêm para ver se a gente está precisando de alguma coisa, marcar consulta. São muito educados e orientam bem a gente”, define a moradora. 

Fonte: Prefeitura Municipal

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2018 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.