São João da Boa Vista
MIN. 21 º C | MAX. 29 ºC
24/05/2018 | 07:00

4ª Semana Fica-Fica começa nesta Quinta

Gazeta de São João | Jornalismo

A Semana Fica-Fica em sua quarta edição acontece a partir de quinta-feira. A lei que instituiu o evento cultural em São João da Boa Vista, foi uma iniciativa do Vereador Bira (PR) para reverenciar a música sertaneja e homenagear Gavino Quessa que por décadas se destacou como um dos comunicadores mais populares da história do rádio de São João e região, sempre com foco nos compositores, cantores e intérpretes da música sertaneja.

Gavino Quessa, popularmente conhecido como Compadre Fica-Fica, promovia shows de auditório com presença de artistas da cidade e região e também que se destacavam no cenário da música sertaneja. Nestes eventos em locais diversos da cidade, como o salão de eventos da Igreja de Nossa Senhora do Pérpétuo Socorro ou Ginásio do CIC/Santo André, eram assistidos por milhares de pessoas.

Fica-Fica também durante muito tempo promoveu os shows com prêmios para o público e ficou muito conhecido no meio artístico nacional. Nomes de famosos cantaram e encantaram o público aqui em São João, entre eles, Marcelo Costa, João Mineiro e Marciano, Perla, Milionário e José Rico, Tonico e Tinoco, Tião Carreiro e Pardinho, Elke Maravilha, Trio Parada Dura e as próprias As Galvão, convidadas da 4ª edição da Semana Fica-Fica. 

AS GALVÃO

As Galvão, duas das vozes mais respeitadas da música sertaneja, protagonizam o show de abertura da 4ª Semana Fica-Fica, no Theatro Municipal, às 20h30. Pela iniciativa do Vereador Bira, o Prefeito Vanderlei Borges de Carvalho assinou a Lei que instituiu o evento como parte integrante do calendário cultural do município. Assim, o show de As Galvão, e todas os eventos da Semana Fica-Fica são gratuitos.

Principais estrelas da programação, não é a primeira vez que as irmãs Mary e Marilene, As Galvão, marcam presença na cidade. As artistas, com 70 anos de estrada musical, já participaram de shows, em São João, a convite do próprio radialista Fica-Fica. 

Para a abertura do evento, as cantoras paulistas prepararam uma exibição especial com as canções “No Calor dos Teus Abraços”, “Coração Laçador” e “Beijinho Doce”, obras consagradas e muito divulgadas na época em que o comunicador Fica-Fica apresentava programas na rádio Piratininga AM 970. 

PROGRAMAÇÃO

Depois de As Galvão na noite de quinta-feira, no dia 25 (sexta) a Semana Fica Fica vai ao Jardim Europa, ocasião em que a Praça Jair Januzzi (Praça da Viola) recebe a Orquestra de Violas de Holambra.

O som dos instrumentos de cordas volta a ser emitido nosábado, dia 26, em outro importante espaço público da cidade: Praça Benedito Galli, no Jardim Nova República. Desta vez, as obras musicais ficam com a interpretação da recém-criada Orquestra de Violas de São João da Boa Vista. Sob a regência do maestro Luís Filipini, a exibição dos violeiros começa às 20h00.

O encerramento da 4ª Semana Fica-Fica acontece nodomingo, dia 27, às 20h, na Praça Joaquim José (Fonteatro Emílio Caslini). O cantor Serginho, acompanhado de convidados, sobe ao palco para um show que promete ser bem dançante. 

COMPADRE FICA-FICA

Acostumado a citar o famoso bordão “Zé Capoeira, acertou a rodeira, prega fogo!”, Gavino Quessa, o compadre Fica-Fica, começou a carreira artística em 1947. Mineiro de Andradas, nascido em 1922, o comunicador era filho de imigrantes italianos. Anos mais tarde, passaria a ser um dos radialistas mais populares de São João da Boa Vista e região. 

Numa época em que o rádio fazia parte, com exclusividade, da vida cotidiana e imaginário da população, Fica-Fica apresentou programas de auditório (Difusora ZYJ6) e produziu as atrações de sucesso “Terra Sempre Terra, “Amanhecer no Sertão”, “Viola de Ouro” e “Festa na Fazenda”, na rádio Piratininga AM 970. 

Locutor renomado, Fica-Fica participou de incontáveis exibições teatrais e circenses tanto na zona urbana quanto na zona rural. Uma de suas marcas era apoiar artistas locais.

Devido aos excelentes serviços prestados no rádio em favor da cidade e região, ele recebeu do presidente da Câmara Municipal, Sidney Beraldo, o título de Cidadão Sanjoanense, em 1982. 

Antes conquistar ouvintes na Rádio Piratininga, o comunicador exerceu as funções de chofer de taxi, vendedor de peixe e frutas, além deterse tornado o dono da tradicional loja “Jeca Tatu”, no antigo mercado municipal. 

Fica-Fica morreu em 1994. No entanto, o radialista manteve sua história e jargões vivos por meio de homenagens prestadas. Uma delas é a inclusão de seu nome ao bosque Gavino Quessa, área da Prefeitura de São João, localizada nas proximidades do clube Mantiqueira.

 

Veja um album de fotos que registram vários edições do evento no Facebook (Clique aqui!)

Fonte: Gazeta de São João

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...









Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2018 Fleg e Webconn
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.