São João da Boa Vista
MIN. 18 º C | MAX. 29 ºC
13/07/2016 | 14:00

'Um alívio', diz produtor após prisão de grupo que levou café

Guia São João | Jornalismo

O agricultor de São João da Boa Vista (SP) que foi mantido refém com a família por um grupo armado durante um assalto disse estar mais tranquilo com a prisão da quadrilha nesta terça-feira (12). "Foi um alívio, até os vizinhos estavam todos com medo, querendo sair de lá. Já aliviou bem", declarou o produtor que preferiu não se identificar.

Policiais militares de São João da Boa Vista, Vargem Grande do Sul e Espírito Santo do Pinhal (SP) agiram em conjunto para prender a quadrilha. A PM acredita que os seis homens e a mulher detidos também agiram em outros crimes praticados em Minas Gerais (MG).

Os policiais recuperaram parte dos R$ 2,4 mil em dinheiro e 114 sacas de café que teriam sido roubados no dia anterior. Além disso, os quatro veículos usados na fuga, entre eles um caminhão, também foram encontrados.

O café foi encontrado em uma fazenda de Ibitiura de Minas (MG). As sacas, avaliadas em mais de R$ 50 mil, já tinham sido negociadas por R$ 11 mil. Segundo a PM, a pessoa que comprou o café disse que não sabia que a carga era roubada, por isso não ficou presa.

Assalto
O roubo aconteceu na madrugada de segunda-feira (11). Seis assaltantes armados invadiram o sítio por volta das 2h e amarraram as vítimas no banheiro da casa. Os suspeitos pegaram as sacas de café e fugiram. Quando a família conseguiu se soltar, a PM foi acionada. Com medo, as vítimas passaram a última noite na casa de parentes.

Após a prisão do grupo, a filha do cafeicultor, que também preferiu não se identificar, disse que não vê a hora de voltar para casa. "Agora estamos um pouco mais tranquilos e vamos continuar por lá mesmo", disse.

Na delegacia a família reconheceu os cinco homens e a mulher que forma presos. Segundo a Polícia Civil, a mulher era a responsável por esconder as armas da quadrilha. "Em nenhum momento havia sido relatado a participação de uma mulher. Nós encontramos três revólveres na casa dela, dois calibres 38 e um calibre 32, além de duas espingardas", disse o capitão Alexandre Bergamasco, comandante da PM em São João da Boa Vista.
Prisão


A prisão aconteceu depois que a corporação recebeu informações de que um dos assaltantes, de 21 anos, teria quebrado a perna e ficado para trás. A polícia começou a realizar buscas nas estradas e, depois de uma denúncia, encontrou o suspeito na zona rural de São João da Boa Vista, nas proximidades de onde ocorreu o roubo.

O homem confessou ter participado do assalto ao sítio e, a partir das informações fornecidas, os policiais prenderam dois homens e uma mulher em suas casas, em Vargem Grande do Sul. Com a mulher, foram apreendidas duas espingardas e três revólveres calibre 38.


"Na sequência, fomos até a cidade de Andradas (MG) e lá abordamos outras duas pessoas, que acabaram confessando a participação nesse roubo", informou o capitão Bergamasco.
Os detidos foram levados para a cadeia de São João da Boa Vista e vão responder por roubo qualificado.
Fonte G1 São Carlos e Araraquara

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de Usuários, denuncie. Leia a Política de Privacidade para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva um comentário...







Outras Notícias



Receba nossas novidades por e-mail

Siga-nos nas Redes Sociais



©2000-2020 Fleg
Todos os direitos reservados - Portal Guia São João.